sábado, 25 de dezembro de 2010

Juventus e a nova coqueluche sérvia!


"Salta com noi Gigi Buffon!". O cântico não se têm feito ouvir no Olímpico de Turim, porém, há um novo mago dos Balcãs que faz a Zebra bianconera perder todas as suas unhas sempre que o novo Nedved embala e entorta pela direita. É Krasic, o sérvio com a mesma chegada ao golo que o checo tinha.

Vendo esta nova Juventus de Gigi Del Neri, é possível verificar que houve um corte com o passado. A equipa já não vive da meia distância de Del Piero, do fatalismo de Trezeguet e do rendilhado táctico conferido pelo brasileiro Diego, preso nas malhas do calcio. Ganhou velocidade, ganhou irreverência, mas talvez a sobrenceria, a arrogância que marcou o futebol bianconero nos últimos anos, se tenha perdido. No centro da defesa, um muro, a antítese do que é o central italiano elegante: Chiellini.

O meio-campo da Velha Senhora é populado com muito músculo, ao qual se juntou esta temporada Aquilani, vindo do Liverpool, que faz agora companhia ao nada consensual Filipe Melo, jogador que peca, sobretudo, pelo excesso de agresividade que empresta a cada lance. Para dar ainda mais peso ao centro do terreno, Sissoko, o típico médio possante africano que confere estabilidade, mas também problemas de rins, à sua equipa. Mas a criatividade volta a ter um nome forte, e também nas alas: Simone Pepe, velocista, e repentista, da nova vaga do futebol transalpino. Já não se poderá dizer qe é uma promessa, mas veio conferir ao futebol da Juventus o bom futebol pelas linhas que tinha perdido com a saída de Camoranesi, que finalmente abandonou o Calcio.

Objecto de muitas especulações neste quase defeso invernal, a frente de ataque continua a contar com os mesmos nomes, há já alguns anos. Se Amauri tem revelado um recente débil faro pelo golo,Quagliarella trouxe uma refrescante aragem nos processos de finalização da equipa.Del Piero bateu este ano o recorde de número de golos pelo seu clube de sempre, a Juve. Mas, como tudo, não é eterno. Apesar de em Itália essa expressão muitas vezes parecer não fazer sentido...

José Borges

4 comentários:

Miguel disse...

Mais um grande texto.

Este Krasic é realmente um grande jogador, técnica, velocidade e futebol espectáculo são com ele.

Para mim, juntamente com Hernanes, a melhor contratação a nivel europeu.

Abraços

Miguel disse...

Já sou seguidor e já adicionei o teu blog aos meus links favoritos.

Se pudesses seguir o meu blog e adicionar o link do meu blog aos teus links agradecia-te.

cumprimentos

Saulo disse...

Muito legal o seu blog e já coloquei como meus favoritos.

CL_Sporting disse...

Bem, a ideia era uma vez por semana, publicar uma crónica da sua autoria (assinada), subordinada ao momento do Sporting. Era bom a crónica ser sempre publicada no mesmo dia, por exemplo, terça-feira.


Saudaçoes